Páginas que viram sozinhas (Copyright ©)

Image result for book tumblr

Foi meu aniversário, não fazem muitos dias, nem mesmo uma semana, mas sinto cada vez mais que os dias estão passando mais rápido do que o normal, como se voassem. Quando eu fiz meus quinze anos me contaram que minha vida dali para frente seria diferente, que os dias não seriam mais contados e os meses passariam como se fossem apenas segundos, mas eu desacreditei. O que havia de diferente em ter 15 e ter 16? Bem, agora tenho 17 e parece que fora ontem mesmo que estava descendo as escadas do meu aniversário de quinze. Não sei se é a responsabilidade que começa a pesar em nossas costas, afinal, não temos mais tempo para fingir que somos super heróis, fadas, ou qualquer outro ser fictício, estamos na reta final, precisamos decidir o que seremos no final da escola. Surge a cobrança de sermos alguém, de crescermos na vida, de termos um nome marcado na história, quando na verdade nem sabemos quem gostaríamos de ser.
Páginas que viram sozinhas, cronometrando o tempo que nos resta para deixarmos de sermos adolescentes e nos tornarmos adultos, de criarmos um pensamento critico, uma vida, um futuro.
E eu? Eu só queria poder voar, voar sem rumo, o vento contra meus cabelos e o doce aroma do mar salgado dentro de meus pulmões. Invadindo todo meu ser, purificando minha alma. Eu queria ser renovada, viver em um mundo paralelo.
Ah... como queria voar e alcançar as nuvens...

Fonte da imagem: google

0 comentários :

Postar um comentário


up