3 Youtubers maravilhosas que você precisa conhecer!



Oi meus amores! Hoje eu estava vendo videos no youtube e pensei: por que não mostrar algumas das minhas youtubers favoritas que ainda não são tão reconhecidas nesse mundo do youtube? Então, vim aqui, escrevi um pouquinho sobre elas ( bem pouco comparado ao quão grande são as coisas que elas fazem ). Espero que vocês confiram o conteúdo delas e embarquem nesse universo de amor que elas apoiam. 

Nunca Te Pedi Nada

E para começar essa lista, não podia faltar a Maira Medeiros, do canal Nunca Te Pedi Nada. Dona de um dos meus canais preferidos, ela trata sobre o feminismo, aceitação e também sobre assuntos aleatórios, sem contar nas paródias dela. No canal você pode achar uma série chamada Mulheres incríveis, onde ela conta um pouco sobre determinadas mulheres em determinadas áreas, na tecnologia, por exemplo. E nesse mês de março, essa maravilhosa está com um projeto lindo chamado #PorQueMulher , onde ela trata sobre assuntos diversos relacionados com a mulher, como: Por que mulher se depila? Por que mulher não pode ser gorda?

Acho que já dei motivos o suficiente para você dar uma passadinha no canal dela, né?

Mandy Candy

Amanda, ou Mandy Candy, é uma mulher transexual incrível que possui um canal onde diz de tudo um pouco. Ela conta as experiências de vida dela, faz vlogs de viagens, experimenta comidas, bebidas e produtos de outros países. Eu realmente amo o conteúdo dela. Claro que como uma mulher trans, a Mandy fala sobre o assunto, tem até uma playlist no canal sobre, mas vale ressaltar que esse não é o principal foco dela, afinal, ela é uma youtuber como outra.


Thati Machado

Como começar a falar da minha escritora favorita do wattpad? Thati Machado vem cada dia mais enchendo meu coração de fã de orgulho haha. No canal dela ela aborda todo tipo de assunto, homofobia, gordofobia, resenhas e até mesmo para dar algumas dicas em relação ao wattpad. Essa mulher extraordinária também investe numa playlist brilhante de looks pluz size. Tenho certeza que você vai se apaixonar por ela, é um docinho!

Dependemos da internet?

Image result for computer tumblr

Fiquei um bom tempo sem internet, tanto que dei uma sumida em minhas redes sociais, mas finalmente estou de volta! E, esse tempo que não estivesse por aqui, pude tirar várias conclusões sobre quem sou sem internet.

Essa semana "alienada" eu me dediquei para ler muito, já que não tinha como assistir séries. Escrevi diversos poemas, porque passava a maior parte do tempo olhando pela janela, sentada na grama ou brincando com meus animais de estimação.

O primeiro dia sem internet parecia passar devagar, como se contassem os segundos para algo acontecer, no entanto, os outros dias passaram rápidos, já que eu percebi que fora do computador ( e celular ) eu tinha uma vida, e assuntos não tratados comigo mesma. Não que eu deixe de fazer as coisas por conta disso, mas há sempre algumas coisas que podíamos fazer mas deixamos de lado por serem "menos importantes".

Eu amei a experiência de ficar sem internet, na verdade, confesso que poderia passar mais uns dias sem ela, me senti purificada desse "vicio" que criamos em estar conectados. Eu até pensei em relatar qualquer dia desses um pouco sobre minha vida antes  e depois da internet em um determinado período. Me desligar, sabe?

Enfim meus amores, agora que estou de volta se segurem, tem muita coisa pronta para ser postada por aqui!

Fonte da imagem: google

Séries: The OA

Image result for the oa

The OA é uma das mais novas séries do netflix e vem levantando milhares de teorias sobre seus episódios, visto que acaba com um mistério.
A série começa com Prairie, uma menina desaparecida que quando retorna pode ver, sendo que antes era cega, sem contar as milhares de cicatrizes estranhas pelo seu corpo. Ela diz sobre coisas que ninguém a compreende e a rotulam como "a louca que recuperou a visão". A procura de seus amigos que vivera os últimos anos, ela pesquisa na internet sobre um deles, Homer, mas seus pais a proíbem de utilizar internet. Sendo assim, um menino chamado Steve faz um acordo com ela, onde ela teria que fingir ser sua mãe em troca de wifi.
Dias foram indo e vindo e Prairie começa a querer ser chamada por The OA, então ela reúne um grupo com a intenção de fazer os 5 movimentos e abrir um portal para encontrar seus amigos. Toda noite eles se reuniam em uma casa, onde ela contava sua história, desde o dia que morreu pela primeira vez até os dias atuais, sem contar que ela os ensinava sobre os movimentos.
A série é recheada de suspense, sem contar que você fica muito curioso durante ela e busca teorias, que já podem ser achadas na internet.
Eu super recomendo vocês verem essa série, ela mexe muito com você! Já está entre as minhas favoritas e eu espero muito mais dela.
Por enquanto a série tem apenas uma temporada, contendo 8 episódios.
Algumas frases de The OA:

"Meu erro foi acreditar que se eu só plantasse coisas boas eu só comeria frutos bons."

"Existir é sobreviver a escolas injustas."


Fonte da imagem: google

up