5.03.2017

Séries: Please Like Me

Image result for please like me

Please Like Me é uma comédia ( e particularmente uma das minhas séries favoritas ) que narra a história de Josh, que já começa com um pé na bunda. Os episódios são mais curtos que o normal, tem em média 24 à 26 minutos, mas acreditem, isso que deixa a série mais emocionante, porque ao mesmo tempo que cada episódio tem sua história, tudo está ligado. O que mais gosto é como quando acaba a temporada e começa outra, o tempo passou, diferente de muitas séries.

Enquanto você estiver assistindo você vai rir muito, se apaixonar pelos personagens, pelo John ( um cachorrinho muito fofo ), pensar sobre a vida e quem sabe até chorar. A série realmente mexeu comigo, foi um mar de emoções misturadas, eu me apaixonei! E confesso que fiquei em choque por uns três dias quando terminei, afinal, senti uma falta tão grande desses personagens haha!

Se você gosta de comédia, sério, não perde tempo e já assiste!
Trata de assuntos polêmicos, como aborto, relacionamento gay, religião.

A série já foi finalizada e tem 4 temporadas, sendo:
1ª Temporada: 6 episódios
2ª Temporada: 10 episódios
3ª Temporada: 10 episódios
4ª Temporada: 6 episódios
Algumas frases de Please Like Me:

"Eu vim tentando ser mais atraente. É muito difícil, sabe? Por causa da minha genética."

"Eu realmente nunca acredito quando alguém bonito está afim de mim."

Fonte da imagem: google

5.01.2017

Dicas para aprender inglês com mais facilidade

Image result for writing tumblr

Olá meus queridos leitores! Hoje vim aqui compartilhar algumas coisas que me ajudaram muito quando eu comecei a aprender inglês.

Para quem não sabe, comecei a demonstrar interesse na língua muito cedo, com cerca de meus 9/10 anos, por conta de atores que eu gostava que só falavam inglês. Na época ninguém se preocupava em legendar videos do youtube, então eu ia pegando uma palavra ou outra e tentava entender o que eles tentavam falar. Cansada de ficar nessa vida sem entender nada, com meus 12 anos entrei num curso de inglês, mas confesso que não aprendia muito, só o básico e o básico eu já havia aprendido na marra. Então, meus pais pagaram um curso particular, onde o professor falou a minha língua, me deu aulas avançadas baseada em coisas que eu amava e foi onde meu inglês melhorou 100%.

Já conclui meu curso, falo inglês avançado e pensei: por que não compartilhar com eles? Vamos lá!

1. Ouça músicas em inglês: acho que de todas as dicas que eu vou dar, essa foi claramente a que me salvou. Quanto mais você ouvir pessoas falando uma língua diferente, mais a língua vai se tornar algo normal, e sem querer, você vai aprender a dizer uma palavra ou outra.

2. Leia a letra da música enquanto a escuta: essa dica está inteiramente ligada com a anterior, afinal, se você ouve muito uma música, você vai querer cantá-la e muitas vezes estar com a letra na mão evita que você pronuncie a palavra errada, dando outro sentido. E não se preocupe, é normal você dar alguma travadinha ou outra!

3. Assista séries e filmes legendadas: pode dizer adeus ao dublado, pelo menos enquanto você quer aprender inglês ( mas vai por mim, depois que você acostumar, nunca mais vai querer dublagem ). Assim como a música, você ouvir as pessoas falando o idioma na série, vai fazer você aprender frases, gírias e muitas ( muitas mesmo ) palavras que você nunca havia ouvido na sua vida. Sem contar que sua facilidade para entender diferentes sotaques vai melhorar, afinal, geralmente tem atores de toda parte do mundo.

4. Procure as coisas que você ama em inglês: como assim? Vamos supor que você ama ler, você pode procurar algum livro que você já tenha lido em português e saiba a história e ler em inglês. Como é algo que você gosta, você vai despertar maior interesse e sem perceber vai aprender.

5. Não faça nada forçado: você não gosta do idioma mas seus pais querem que você aprenda? Não não não! Não faça nada forçado, aprender um idioma novo tem que ter amor, nem sempre forçar pode ser a maneira mais fácil de aprender, afinal, há falta de interesse. Se você não gosta do inglês, converse com seus pais e procure um outro idioma que você se encaixe melhor, como por exemplo, japonês. Sim, o inglês hoje é um idioma muito importante, mas vale ressaltar que não adiantava você ter um diploma que sabe inglês mas odiar falar aquele idioma. Faça o que ama, sempre!

Fonte da imagem: google

4.24.2017

Páginas que viram sozinhas (Copyright ©)

Image result for book tumblr

Foi meu aniversário, não fazem muitos dias, nem mesmo uma semana, mas sinto cada vez mais que os dias estão passando mais rápido do que o normal, como se voassem. Quando eu fiz meus quinze anos me contaram que minha vida dali para frente seria diferente, que os dias não seriam mais contados e os meses passariam como se fossem apenas segundos, mas eu desacreditei. O que havia de diferente em ter 15 e ter 16? Bem, agora tenho 17 e parece que fora ontem mesmo que estava descendo as escadas do meu aniversário de quinze. Não sei se é a responsabilidade que começa a pesar em nossas costas, afinal, não temos mais tempo para fingir que somos super heróis, fadas, ou qualquer outro ser fictício, estamos na reta final, precisamos decidir o que seremos no final da escola. Surge a cobrança de sermos alguém, de crescermos na vida, de termos um nome marcado na história, quando na verdade nem sabemos quem gostaríamos de ser.
Páginas que viram sozinhas, cronometrando o tempo que nos resta para deixarmos de sermos adolescentes e nos tornarmos adultos, de criarmos um pensamento critico, uma vida, um futuro.
E eu? Eu só queria poder voar, voar sem rumo, o vento contra meus cabelos e o doce aroma do mar salgado dentro de meus pulmões. Invadindo todo meu ser, purificando minha alma. Eu queria ser renovada, viver em um mundo paralelo.
Ah... como queria voar e alcançar as nuvens...

Fonte da imagem: google

4.17.2017

Espalhe o amor! (Copyright ©)

Related image

Amor? Onde estão as pessoas que ainda fazem jus a essa palavra? Cada dia eu vejo mais ódio, dor e lágrimas esparramadas por esse chão, mas nada que venha me provar que o amor ainda exista. Sangue escorrendo pelo rosto de pobres crianças, que são carregadas por seus pais. E o velho chefão, sem mais nem menos, os jogam mais uma vez contra a parede. Parede fria, manchada de lembranças ruins. E o coração doí, por perder alguém.

Desespero no olhar, de quem quer gritar: Socorro! Mas nada diz. A voz falha, de quem  não bebe água a dias, mas protege o companheiro num abraço, como se fosse o lugar mais seguro. É, talvez ainda exista amor, na alma de quem ainda acredita na paz.

Onde estão todos que diziam ter esperanças de um mundo melhor? Por que não vejo no jornal pessoas comentando sobre o terror que passa pelos olhos da população? Mais do que nunca o mundo precisa de um abraço, do calor humano para o curá-lo. Para pôr um band-aid nas feridas e dizer que nunca é tarde demais para levantar e seguir em frente, esquecer os erros.

Vivo em um mundo paralelo, onde cada um tem sua própria bolha, e ninguém se mete até que a sua seja ameaçada de estourar, que você seja ameaçado de cair do mais alto penhasco que subira. Um mundo paralelo que sorri quando o outro sofreu, mas chora quando não conseguiu comprar mais um produto para chamar de seu, para esfregar na cara de qualquer um que queira o subestimar. Porque é assim que é o mundo de hoje, sempre querem estar acima de você, não importa o custo disto.

Eles querem encostar no sol, mesmo que ele possa o matar.

Fonte da imagem: google

4.12.2017

Livros: Os últimos dias de krypton

Related image

Título: Os últimos dias de krypton
Autora: Kevin J. Anderson
Editora: Leya
Ano: 2015
Páginas: 461
Sinopse: Antes da calamidade que fez com que o pequeno Kar-El - superman - fosse enviado num foguete rumo a um futuro extraordinário em que viveria como herói, seu planeta natal, Krypton, prosperava. Antes da traição, da tecnologia e da natureza conspirarem para condenar uma civilização incomparável, os pais de Kar-El - o brilhante cientista Jor-El e a bela artista e historiadora Lara - se conheceram, se apaixonara e se casaram. Houve grandes heróis naqueles dias tranquilos. Mas, claro, apareceram os vilões: o androide maligno Brainiac, que capturou a cidade de Kandor, e o diabólico General Zod, que usou de mentiras e do caos para tomar o poder e ascender á liderança em uma era de crueldade, repressão e terror. 
E,em meio a tudo isso, uma tragédia fatal se aproximava - um destino catastrófico profetizado por Jor-El, que mudaria a história kryptoniana para sempre, mas daria á terra um dos maiores super-heróis de todos os tempos.

Resenha: Quem me conhece sabe que sou viciada em histórias, séries e filmes relacionadas a super heróis, então sou um pouco suspeita para dizer sobre esse livro, haha. Diferente do que você pensa quando vê um livro do superman, esse narra a história de como tudo começou, desde o pai e a mãe dele se conhecendo até a hora deles tomarem a decisão de o mandar para o planeta terra. De tal forma, você acaba sabendo mais sobre o que fez o superman ser o grande herói que tanto amamos, sem contar que narra a história do planeta que ele veio, Krypton, como surgiu a kriptonita. Mas não desanime pensando que não vai ter ação, tem ação sim! Como um bom livro de herói, tem vilões que tentam fazer o possivel e impossível para atrapalhar a vida de todos.
Confesso que eu particularmente esperava mais desse livro, mas não vou dizer que não gostei de conhecer o "outro" lado da história, eu realmente gostei. Porém, acho que a leitura ficou um pouco cansativa durante o meio do livro, no entanto, eu li até o fim.
Eu recomendo para quem quer saber mais sobre a linhagem do superman, pra quem tem esse fanatismo por heróis. Entretanto, o livro Wayne de Gotham me prendeu mais, me deu mais vontade de ler do que Os últimos dias de krypton.

Se quiserem ler a resenha sobre Wayne de Gotham, clique aqui.

Fonte da imagem: google

3.29.2017

3 Youtubers maravilhosas que você precisa conhecer!



Oi meus amores! Hoje eu estava vendo videos no youtube e pensei: por que não mostrar algumas das minhas youtubers favoritas que ainda não são tão reconhecidas nesse mundo do youtube? Então, vim aqui, escrevi um pouquinho sobre elas ( bem pouco comparado ao quão grande são as coisas que elas fazem ). Espero que vocês confiram o conteúdo delas e embarquem nesse universo de amor que elas apoiam. 

Nunca Te Pedi Nada

E para começar essa lista, não podia faltar a Maira Medeiros, do canal Nunca Te Pedi Nada. Dona de um dos meus canais preferidos, ela trata sobre o feminismo, aceitação e também sobre assuntos aleatórios, sem contar nas paródias dela. No canal você pode achar uma série chamada Mulheres incríveis, onde ela conta um pouco sobre determinadas mulheres em determinadas áreas, na tecnologia, por exemplo. E nesse mês de março, essa maravilhosa está com um projeto lindo chamado #PorQueMulher , onde ela trata sobre assuntos diversos relacionados com a mulher, como: Por que mulher se depila? Por que mulher não pode ser gorda?

Acho que já dei motivos o suficiente para você dar uma passadinha no canal dela, né?

Mandy Candy

Amanda, ou Mandy Candy, é uma mulher transexual incrível que possui um canal onde diz de tudo um pouco. Ela conta as experiências de vida dela, faz vlogs de viagens, experimenta comidas, bebidas e produtos de outros países. Eu realmente amo o conteúdo dela. Claro que como uma mulher trans, a Mandy fala sobre o assunto, tem até uma playlist no canal sobre, mas vale ressaltar que esse não é o principal foco dela, afinal, ela é uma youtuber como outra.


Thati Machado

Como começar a falar da minha escritora favorita do wattpad? Thati Machado vem cada dia mais enchendo meu coração de fã de orgulho haha. No canal dela ela aborda todo tipo de assunto, homofobia, gordofobia, resenhas e até mesmo para dar algumas dicas em relação ao wattpad. Essa mulher extraordinária também investe numa playlist brilhante de looks pluz size. Tenho certeza que você vai se apaixonar por ela, é um docinho!

3.20.2017

Dependemos da internet?

Image result for computer tumblr

Fiquei um bom tempo sem internet, tanto que dei uma sumida em minhas redes sociais, mas finalmente estou de volta! E, esse tempo que não estivesse por aqui, pude tirar várias conclusões sobre quem sou sem internet.

Essa semana "alienada" eu me dediquei para ler muito, já que não tinha como assistir séries. Escrevi diversos poemas, porque passava a maior parte do tempo olhando pela janela, sentada na grama ou brincando com meus animais de estimação.

O primeiro dia sem internet parecia passar devagar, como se contassem os segundos para algo acontecer, no entanto, os outros dias passaram rápidos, já que eu percebi que fora do computador ( e celular ) eu tinha uma vida, e assuntos não tratados comigo mesma. Não que eu deixe de fazer as coisas por conta disso, mas há sempre algumas coisas que podíamos fazer mas deixamos de lado por serem "menos importantes".

Eu amei a experiência de ficar sem internet, na verdade, confesso que poderia passar mais uns dias sem ela, me senti purificada desse "vicio" que criamos em estar conectados. Eu até pensei em relatar qualquer dia desses um pouco sobre minha vida antes  e depois da internet em um determinado período. Me desligar, sabe?

Enfim meus amores, agora que estou de volta se segurem, tem muita coisa pronta para ser postada por aqui!

Fonte da imagem: google

3.08.2017

Séries: The OA

Image result for the oa

The OA é uma das mais novas séries do netflix e vem levantando milhares de teorias sobre seus episódios, visto que acaba com um mistério.
A série começa com Prairie, uma menina desaparecida que quando retorna pode ver, sendo que antes era cega, sem contar as milhares de cicatrizes estranhas pelo seu corpo. Ela diz sobre coisas que ninguém a compreende e a rotulam como "a louca que recuperou a visão". A procura de seus amigos que vivera os últimos anos, ela pesquisa na internet sobre um deles, Homer, mas seus pais a proíbem de utilizar internet. Sendo assim, um menino chamado Steve faz um acordo com ela, onde ela teria que fingir ser sua mãe em troca de wifi.
Dias foram indo e vindo e Prairie começa a querer ser chamada por The OA, então ela reúne um grupo com a intenção de fazer os 5 movimentos e abrir um portal para encontrar seus amigos. Toda noite eles se reuniam em uma casa, onde ela contava sua história, desde o dia que morreu pela primeira vez até os dias atuais, sem contar que ela os ensinava sobre os movimentos.
A série é recheada de suspense, sem contar que você fica muito curioso durante ela e busca teorias, que já podem ser achadas na internet.
Eu super recomendo vocês verem essa série, ela mexe muito com você! Já está entre as minhas favoritas e eu espero muito mais dela.
Por enquanto a série tem apenas uma temporada, contendo 8 episódios.
Algumas frases de The OA:

"Meu erro foi acreditar que se eu só plantasse coisas boas eu só comeria frutos bons."

"Existir é sobreviver a escolas injustas."


Fonte da imagem: google

2.15.2017

Tempos modernos (Copyright ©)


Andamos tão preocupados com o tempo, que acabamos deixando boa parte dele passar por nós sem percebemos. Agendamos tantas datas, que quase esquecemos as mais importantes. Nos preocupamos com quem vamos ser no futuro e deixamos de lado quem fomos. Esses são os tempos modernos, onde vivemos conectados mas, ao mesmo tempo, desconectados, cada um em seu aparelho vivendo o seu próprio momento. 
A conversa flui, o trânsito anda, até um sininho tocar no bolso. 
Tic tac, fez o relógio de novo e ao meio do povo, ele acelerou. 
A pressa resultada do tempo marcado, um movimento errado, pôs um homem no chão. E o que tocou desta vez fui uma sirene, pedindo atenção a todos, que saíram do caminho. 
Tecnologia do futuro, que deveria ser algo mais útil tirou a vida de uma pobre pessoa.
Antes de evoluirmos tecnologicamente, temos que abrir mais a mente e ser mais consciente.
Antes de darmos dois passos, temos que dar o primeiro. 
E o tempo não para... transformando mais coisa em lixo enquanto outros passam fome. 
Tempos modernos? Bem... ainda há pessoas boas no mundo, e enquanto elas existirem, ainda temos esperança. 

Fonte da imagem: google

2.08.2017

Eu estou no wattpad? Boas novas!

Image result for wattpad logo

Oi oi meus amores! Tudo bem com vocês? Eu to doente, infelizmente :( Mas esse não é o motivo dessa postagem, haha!

Para quem ainda não conhece, wattpad é uma rede social maravilhosa para postar seus livros e histórias. E como eu amo escrever, não tinha como estar por fora dessa, né?

Por muitos anos eu tive um pouco de insegurança de postar lá, mas finalmente resolvi ver no que vai dar, então pensei: por que não mostrar para os meus leitores o que ando fazendo por lá? Pois bem, aqui vai os links.

Quem ama histórias de vampiros, vai amar essa, que em menos de um mês já conquistou o lugar #264 do top mil na categoria vampiros do wattpad! Eu venho escrevendo ela com uma amiga que conheci na internet e está sendo incrível. O nome é Pure Blood.

Para quem gosta de romance gay, esse é um que venho trabalhando a muito tempo e como vou transformar em livro, só vai ter uma degustação lá no wattpad, mas ainda assim amaria se vocês dessem uma lida. O nome é 18, com o intuito de acabar com o preconceito gay.

Logo tem mais obras minhas por lá, então fiquem de olho!
Amo vocês!

2.06.2017

O que você compraria se ganhasse na loteria?

Oi oi! Estou de volta com mais uma blogagem coletiva, aee \o/ E o tema de hoje envolve uma coisa que muitos brasileiros acreditam: os jogos de loteria. Fiz de verdade esse post pensando no que eu realmente faria, eu pensei como se fosse um prêmio grande, mas acredito que se fosse um pequeno também iria fazer algo parecido com o que pensei. 

Sem mais falação, vamos lá, docinhos!

Image result for money tumblr

O dinheiro ganho eu iria doar para algum meio público ou instituição. seja para cães, um orfanato, biblioteca, algo assim. O restante dedicaria aos meus estudos, planos para meu futuro em si, para dar uma condição melhor de vida para minha família, num todo. Outro desejo meu é criar minha própria instituição, para crianças da África, por exemplo. Não iria ficar de maneira alguma com todo o dinheiro, acredito que muito dinheiro não faz bem, assim como tudo em excesso.

Agora no assunto de realmente comprar algo, eu compraria uma casa nova para meu avô, que mora em uma pequena e antiga, depois alguma para mim alugar e no fim o restante compraria roupas para doação, algo que precisassem, sabe? Não tenho muitos desejos compráveis.

Blogs participantes:

2.03.2017

Rosas na beira do mar (Copyright ©)

Image result for roses tumblr

Um casamento,
onde jogam pequenas pétalas de rosas.
Longas noites,
o mar cheio de conchas.

Peixes a nadar,
o oceano é tão profundo
que pode te assustar,
mas ainda assim atraem homens
que vivem a navegar.

No meio de tanta brutalidade e delicadeza,
nasce algas coloridas,
a beleza de encantar.

Rosas na beira do mar
talvez signifiquem que ainda há amor
em algum lugar.

Fonte da imagem: google

2.01.2017

Quais são os cuidados de um cabelo colorido?


Oi gente! Pra quem me conhece a algum tempo, sabe que eu tenho cabelo colorido desde meus 12 anos, inicialmente, foi com as pontas, mas em 2015 fiquei tão viciada que tomei minha decisão: aquele era meu estilo e queria assumi-lo, pintar meu cabelo todo de rosa. Para convencer de pintas as pontas já havia sido difícil, aliás, tem post no blog falando sobre como eles aceitaram todo esse procedimento. Clique aqui para ler.

Muitas pessoas vieram me perguntar então, com esse tempo de experiência, mas que ainda venho aprendendo muito, quais são os cuidados que tenho que ter com meus cabelos. Sem mais enrolação, vamos lá!

1. Hidratação é essencial - se você quer entrar na onda colorida, já tem que estar ciente que você não vai poder se safar das hidratações. Primeiro porque o cabelo hidratado segura a tinta por muito mais tempo e segundo que se você não hidratar, ele pode sofrer um corte químico, afinal, a descoloração prejudica sim a saúde dos seus fios.

2. Use produtos para cabelos coloridos - shampoo, condicionador e etc são ótimos para manter a cor no seu cabelo e dar todos os nutrientes que seu cabelo precisa, que talvez um produto que você utilizava antes não iria proporcionar. Por serem próprios para esse uso, muitas vezes eles deixam o cabelo com um aspecto incrível, como se fosse de uma boneca.

3. Evite piscina e mar - evitar não quer dizer que nunca pode entrar, mas é bom não ser com muita frequência, ainda mais se você for molhar o cabelo, se não o molhar não tem tanto problema. O sal do mar e o cloro da piscina ressecam o cabelo, sem contar que o desbota, então quando sair terá que ter um cuidado com seu cabelo.

4. Tenha cuidados de um cabelo normal - pentear com delicadeza para não quebrar os fios, não prender o cabelo molhado, não dormir com o cabelo preso, esses pequenos cuidados, sabe? Só para garantir uma melhor saúde para ele.

5. Evite temperaturas altas - se um cabelo sem química já fica ressecado com o uso excessivo de chapinha, secador e etc, o cabelo colorido é mais ainda. Não dizendo que você não deve usar, mas  evitar pode ser uma boa opção.

Se tiverem mais dúvidas, deixem aí que eu vou ir respondendo conforme for juntando uma boa quantia.

Fonte da imagem: google

1.27.2017

Wishlist StyleWe

Hoje vim recomendar mais uma loja maravilhosa para vocês, desta vez é a StyleWe. Eles entraram em contato comigo por e-mail e logo que entrei no site deles para saber mais, vi que realmente valia a pena trazer um pouquinho deles para vocês. 

Os produtos da StyleWe são de ótima qualidade e você pode ver o que as pessoas que já compraram acharam no StyleWe Reviews, onde mostra tudo bem detalhadinho, para não haver dúvidas. 

Eu selecionei os produtos que eu mais gostei da StyleWe  e coloquei uma foto deles, os links para comprar está embaixo da imagem, apenas clique e Buy at StyleWe. Você vai amar! Eu juro!

Não sabe como usar as roupas do StyleWe? Não tem problema, no Dressing tips about raglan sleeve, você consegue ver tudo que está na moda. Isso me ajudou muito! Haha!

Para mais, você pode entrar em Just fashion now e ver tudo sobre.

O que você está esperando? Clique agora e embarque nas melhores roupas.
A parte deles que eu mais amei são os vestidos de festas por um preço ótimo, que vocês podem ver clicando aqui: Cheap party dresses for women. Sabe aqueles vestidos que você só ve por fotos e nunca acha pra comprar? Pois bem, eles vendem e por um preço acessível!

*esse post é uma publicidade*


White sport cropped  | Platform Sneakers | Top handle

- English post -

Today I come to recommend more one amazing store for you, this time is StyleWe. They contact me on e-mail and when I enter in their site for know more about, I saw it really a good idea to bring more about they for you. 

The StyleWe's products are of the best quality and you can see what the people who bought this thinking about in StyleWe Reviews, where show everything so detal, for don't have problems. 

The part of the site I most like is the Cheap party dresses for women. Do you know that dress you see in pictures but never see to buy? Well, they seel and for a good price! 

I select the products I most like in StyleWe and put a picture of they, the links to buy are under, just click to Buy at StyleWe. You will love it! I swear!

Don't know how to use the StyleWe clothes? No problem, in Dressing tips about raglan sleeve, you can see everything about what is treding. It help me a lot! haha!

For more, you can enter in Just fashion now and see so much about. 

What you are wainting for? Click now and enjoy with the best clothes.

*This post is a publicit*


1.26.2017

O que eu escreveria na última folha de papel em branco do mundo?

Olha só quem está de volta! Quero me desculpar pela ausência, acontece que eu andei viajando muito nos últimos dias e a internet nem sempre colaborou para que eu continuasse postando aqui, mas tenho uma novidade: escrevi muuuuito esse tempo e vamos ter conteúdo sempre aqui, sem contar que meu livro está nas etapas finais e logo logo estará na mão de vocês. 

Mas bem, vamos lá! Eu estou participando de um grupo de postagens coletivas, e o tema dessa vez foi: O que eu escreveria na última folha de papel em branco do mundo? Depois de pensar e pensar, cheguei a conclusão que a melhor maneira seria eu pensar num todo, como se eu não soubesse o motivo daquela ser a última folha de papel.

Image result for diary writing

" Hoje seria mais um dia como outro, eu estava sentada na escrivaninha do meu quarto, com meu pequeno caderno aberto enquanto os pingos de chuva caiam em sequência lá fora, fazendo uma pequena melodia passar pela minha janela e chegar aos meus ouvidos.

Ah! Eu sempre amei dias chuvosos!

Eu nunca fui o tipo de pessoa que mantém o foco, e hoje não seria diferente, mesmo que essa fosse minha última folha de papel. Não só minha, mas a última do mundo. 

Não consigo entender ao certo o que levou a essa ser a última, se foi o fato das pessoas preferirem o modo online agora, ou a falta de árvores que temos onde vivemos. Eu mal consigo me lembrar de quando eu subia as árvores do quintal da minha avó e colhia pequenos frutos. Na verdade, às vezes penso que tudo isso foi apenas um sonho, já que ninguém acredita quando eu digo que já subi em uma. 

O ar não é o mesmo, não há o cheiro de terra molhada hoje, talvez seja porque não há mais terra onde eu moro, apenas nas propriedades daqueles que são responsáveis pelas nossas últimas árvores. Ia esquecendo de dizer, nos dias de hoje, somos todos destinados a cuidar dos seus últimos momentos, e eu fui a escolhida para cuidar das últimas páginas de papel, até hoje. Não sei o que vai acontecer quando essa página acabar e minha missão na sociedade atual for concluída. Quem sabe ganho outra função, cuidar do último livro do mundo, não sei. 

Falaram para mim não economizar palavras, pra deixar tudo completo, mas há coisas que eu sei que no futuro estarão guardadas nas nuvens. É assim que chamamos o lugar que guardamos nossas coisas hoje, os arquivos escritos não são mais armazenados em pequenos dispositivos, mas sim nas nuvens, onde não corremos o risco de os perder. 

O que quero dizer no fim disso tudo é, se eu sobrevivi o suficiente para ver meu mundo crescer e se destruir para que outro cresça, você ainda vai ver muito na sua vida, muita coisa nova e relembrar de muita coisa antiga também. Não importa o tempo que demore, você vai ser destinado a uma missão no mundo, assim como eu fui agora. Quando tudo parecer escuro, vai aparecer o sol e enquanto o sol aparecer, temos motivos para sorrir. Pegue tudo que ama e abrace, não literalmente, mas os guarde em seu peito para que ninguém os tire, porque nos momentos que tudo parecer desabar, isso estará lá para te lembrar tudo que conquistou e quem se tornou.

Bem, boa sorte no nosso novo mundo! "

Blogs participantes:

Fonte da imagem: google

1.06.2017

Livros: Will & Will

Título: Will & Will
Autora: John Green e David Levithan
Editora: Record
Ano: 2010
Páginas: 348
Sinopse: Quem é você? 
Eu me levanto e respondo:
- Hã, eu sou Will Grayson.
- W-I-L-L G-R-A-Y-S-O-N? - pergunta, soletrando impossivelmente rápido.
- Hã, sim - digo - Por que a pergunta?
O garoto me olha por um segundo, a cabeça inclinada, como se pensasse que eu poderia estar passando um trote nele.
Então ele finalmente diz:
- Porque eu também sou Will Grayson.

Resenha:  O livro conta sobre dois meninos, que amos chama  Will Grayson, mas suas vidas nunca haviam se cruzado, até então. Um deles é depressivo, passa horas na internet fazendo amigos, e o outro vive o tempo todo com seu melhor amigo, Tiny Cooper, que ama atenção. Numa ocasião não tão boa, Will Grayson conhece Tiny, digo, o Will que mexia na internet, e desde então os dois não deixam um segundo sem trocar mensagens e acabam se apaixonando.
Diferente das pessoas que acham que ambos os Will's são gays, não são, apenas um. E a sexualidade é tratada de uma maneira normal no livro, sem complicação, o que eu achei incrível. As pessoas só se apaixonam, sabe? Não há problema nisso.
O livro é muito envolvente, eu não conseguia parar de ler ele, eu amo quando livros me prendem assim. A história é fantástica e eu tenho certeza que você vai ser apaixonar pelos personagens, eu estou apaixonada pelo Tiny desde que li o livro, em 2014.
Não é um romance no estilo Nicholas Sparks, é um estilo bem próprio do John Green mesmo, ainda que o livro não seja só dele.

1.04.2017

Como meus pais deixaram eu pintar o cabelo de colorido?

Image result for chloe norgaard

Minha história com cabelos coloridos começou quando eu tinha uns 12 pra 13 anos e confesso que naquela época não era algo comum pessoas com cabelo colorido na minha cidade (continua não sendo, mas há mais do que antigamente), então havia sim um preconceito. Lembro que eu sempre vi roqueiros com cabelos coloridos, cheios de piercing, tatuagens e eu achava aquilo um máximo, mas não pensei que um dia fosse fazer parte do meu estilo.

Me apaixonei por cabelos coloridos de verdade quando comecei a ter mais contato com a internet e via constantemente fotos de uma variedade enorme de cores, mas eu não sabia como chegar naquele resultado sozinha, sem ter que pedir autorização dos meus pais. Foi ai então que eu comecei a buscar esses testes loucos que eu via por aí.

O primeiro teste que eu fiz no meu cabelo foi pintar o cabelo com suco em pó. Sim, SUCO EM PÓ! Eu já havia visto muitas meninas fazendo isso e dava certo, mas eu não sabia que o cabelo delas era descolorido e fui lá tentar no meu. Minha sorte é que meu cabelo sempre foi entre loiro escuro e castanho claro, então sim gente, pegou a cor! Confesso que até eu me surpreendi com isso, fiquei com mexas rosas (e o cheiro doce) no meu cabelo até a próxima lavagem, depois saiu.

Como meu primeiro durou muito pouco, lá fui eu tentar outra coisa. Desta vez, foi corante de bolo. Deu certo, pegou a cor, mas na hora de lavar meu cabelo eu sempre acabava da cor do cabelo, um desastre, sem contar que ressecou meu cabelo (não é um produto para cabelos, né).

No fim das contas, eu achei melhor conversar com eles sobre. Claro que eu não cheguei falando "quero pintar minhas pontas de rosa" (sim sempre começo com rosa), comecei mostrando fotos de pessoas com cabelos coloridos e fui fazendo aos poucos eles entenderem e aceitarem que aquilo não era nada de mais, era só mais uma cor de cabelo. Sem contar que eles são de outra época, pode ser difícil para eles ver o quanto as coisas mudaram.

Minha mãe disse que era "só uma fase", então deixou que eu pintasse as pontas de pink.

Aos poucos, eu fui subindo a descoloração e as cores, fui indo até o ombro, depois até a orelha, até que finalmente conversei de novo com eles sobre pintar o cabelo todo. Minha mãe ficou meio insegura, porque ela sempre gostou da cor do meu cabelo natural, sem contar que ela achava que eu ia estragar meu cabelo, mas no fim deixou. Já com meu pai foi um pouco mais difícil, ele até hoje ainda tem um pouco de desconforto.

Agora que já tenho meu cabelo colorido há dois anos eles abriram mais a mente, e sempre que alguém vem perguntar sobre eles super apoiam. Sem dizer que quando eu sofro algum tipo de preconceito por conta disso, eles me defendem.

Enfim gente, essa é minha história de como consegui convencer meus pais e como eles encararam minha mudança, caso tenham alguma dúvida relacionada ao meu cabelo colorido deixem no comentário.

Fonte da imagem: google

1.02.2017

Feliz 2017!

Related image

Eu não tenho palavras para descrever o quão incrível foi esse ano, o que mais sinto no fim das contas é gratidão. Teve coisas ruins? Sim, todo ano tem, mas houve milhares de coisas boas e portas que se abriram para mim esse ano.

Tenho muito a agradecer a vocês! Vocês são incríveis, sem vocês não teria conquistado a metade que conquistei, minha força vem do amor que vocês expressam pelo meu trabalho, é o que vem me mantendo em pé, sem desistir. Claro, não somos um blog tão grande assim, mas o pouquinho que vamos conquistando já é motivo de festa, nós estarmos aqui comemorando mais um ano já é motivo.

A todos que fizeram parte do meu 2016, muito obrigada, vocês serão lembrados para sempre, independente do que aconteça, vocês terão um lugarzinho no meu coração e andarão comigo.

E que 2017 seja um ano de mais vitórias, de mais sonhos realizados e de menas promessas. Não pense, faça acontecer! Muita gente quer o mesmo que você, mas muitas conquistam porque lutam para que aquilo aconteça, então batalhe e tenha seu objetivo alcançado.

A agenda do blog vai continuar a mesma, docinhos:

Segunda, quarta e sexta - Blog
Terça e quinta - Indaiatuba Mais ( Coluna Jovem Florescer ) 
Terça e/ou sexta - Instagram

AH! E não se esqueça,
eu amo vocês!

Esse ano é nosso, amores!

Fonte da imagem: google