6.06.2016

Um olhar aberto (Copyright ©)



Um olhar aberto

Ninguém deveria escolher o que uso,
o que faço,
o que gosto.

Ninguém deveria defender o errado,
deixar solto o mal,
defender o que machuca.

Nunca vai ser culpa da vítima,
ninguém pediu para ser estuprada,
violada.

Não tente olhar a mim como um objeto,
como uma boneca,
a qual você designa o que quer.

Eu sou um ser humano como você,
que sai na rua sem camisa e não sofre nenhum dano.

Fonte da imagem: google

Nenhum comentário:

Postar um comentário