Roda (Copyright ©)



Roda

O mundo roda
como um pneu de bicicleta,
moto, carro,
ele roda.

Roda como brincadeira de criança,
que canta rodando... rodando.

Roda como o ônibus,
que leva pessoas de um canto para outro.
Pessoas com um passado feliz,
pessoas com um passado triste.

Roda. Como roda.
Mas no fim, para sempre no mesmo lugar,
onde o rapaz bonito sobe em sua bicicleta,
indo a escola.

Fonte da imagem: google

Pequenas coisas que me fazem bem (Copyright ©)



Pequenas coisas que me fazem bem

Um livro bom,
Um sorriso simpático,
Um café amargo,
Um dia adocicado.

O sol se abrindo,
Ou a chuva chegando,
Crianças cantando,
Ou pessoas se amando.

Minha música favorita,
Ou aquele artista que nem gosto.
Esse meu jeito doido,
De dizer que tudo adoro.

Fonte da imagem: google

4K de visualizações



4K de visualizações

Nessa sexta feira chegamos a 4 mil visualizações e eu gostaria de agradecer a todos que vem acompanhando meu trabalho. Gostaria de dizer que é um prazer escrever quando há reconhecimento como vocês vem me dando e prometo que isso é só o começo! Se continuarmos crescendo, eu pretendo fazer um canal no youtube, não só sobre literatura, mas aglomerando diversos assuntos.
Em comemoração aos 4k, em alguns dias dessa semana vai ter dois textos/poesia por dia!
Valeu gente, eu estou muito honrada e feliz de fazer parte disso!
Beijinhos galera xx

Fonte da imagem: google

As estrelas (Copyright ©)



As estrelas

Quando estiver triste,
sem nada para fazer,
olhe para o céu.

O céu diz coisas que,
ninguém mais irá dizer.
Cada dia aparecem novos mistérios,
uma luz ou outra se apaga.

Eu quero ver as estrelas do seu lado,
deitada na grama.
Mas eu não tenho gramado.
E você não me tem.

Fonte da imagem: google

Abraço grátis (Copyright ©)



Abraço grátis

Você já teve aquele dia em que se sentia mal e tudo que lhe faltava era um abraço? Eu já, mas infelizmente não ganhei, Quase sempre é assim, mas nas poucas vezes que ganhamos um abraço, vale a pena, afinal, as vezes tudo que precisamos para que nosso dia crie uma cor é de uma demonstração de carinho, de aconchego.
Um abraço pode ter tantos significados, mas meu preferido é aquele abraço de apoio, o abraço que diz que tudo ficará bem. Esse é o abraço que eu sempre guardo comigo, que eu sempre espero das pessoas. O problema é que muitas vezes quando estou mal, ninguém percebe, eu finjo que não é nada e até sorrio, me disfarço numa máscara e me perco na escuridão do anoitecer. E lá eu choro, sozinha.
Pobre garota, sorriu o dia inteiro mas a noite despencou, e tudo que esperou, fora um abraço.
Me abrace quando me ver, eu irei agradecer quando eu estiver a sorrir.

Fonte da imagem: google

Entre a guerra e a paz (Copyright ©)


Entre a guerra e a paz

As pessoas tem o péssimo intuito de pensar que, só porque não acontece contigo, não acontece com ninguém. Porém, claramente não é assim. Um bom exemplo disso é quando dizem que há preconceito, guerras ou conflitos em outros países, mas a ignorância de alguns é tão grande que diz que é bobagem, que esse tipo de coisa não acontece e só acreditam quando está passando em uma mídia ou acontecendo diante de seus olhos.
Por quanto tempo haverá ignorantes que não perceberão que as coisas se passam ali, não tão longe de onde estão? Que as coisas não são como um conto de fadas, que existem sim conflitos e existirá por um bom tempo até que aceitemos nossas diferenças.
Ignorância é como ser cego do que se passa, para a vida toda. Se você não quer ser ignorante, corra atrás e aprenda, o estudo é a melhor coisa que se pode proporcionar pra alguém, então por que deixar isso de lado e esquecer o ser humano que é cada um? Do mesmo jeito que dentro do seu corpo bate um coração, na pessoa do outro lado do mundo também bate, somos todos iguais por dentro. O que te fere, fere o próximo.

Fonte da imagem: google

O poeta (Copyright ©)



O poeta 

O poeta que sorria,
Só ria, chorava.
Quanto mais o achavam feliz,
Mas ele estava triste pela donzela amada.

Com suas pernas longas,
Ela desfilava e ele,
Só olhava.

De noite todos dormiam,
A luz da lua brilhava no céu.
E ele, fumava.

Um, dois, três.
Aos poucos,
Se matava.

O poeta que não sabia escrever,
Sabia dizer,
Mas suas palavras diziam nada.

Fonte da imagem: google

Paleta de cores (Copyright ©)



Paleta de cores

Pequena menina
com um laço de fita,
cabelo cor de rosa
e um sorriso amarelo.

Vestido azul claro,
com sapatos esverdeados.
Tudo que ela queria,
era ser colorida.

Corria por ai,
sem se importar se iam rir.

No fundo,
ela só queria esconder seu mundo,
lindo mas também de espanto,
preto e branco.

Fonte da imagem: google

Entre um sorriso e uma lágrima (Copyright ©)



Entre um sorriso e uma lágrima

E mais uma vez ela chorou,
Na esperança que,
Amanhã haveria um sorriso.

Mas ele não veio,
Decepcionando a pequena que,
Ficou encolhida em seu canto.

A luz do sol não a encontrou,
E sim mais lágrimas,
Na qual se afogou.

Doce pequena,
por que fizestes isso?
Ninguém sabia,
Mas ela era seu maior perigo.

Fonte da imagem: google

Escreva sua própria história (Copyright ©)



Escreva sua própria história

Você já se perguntou como alguém se tornou em uma pessoa sucedida? Como as pessoas passam de mais uma em sete bilhões para algo importante? Eu lhe digo uma coisa: eles deram duro para chegar onde chegaram e se não tivessem dado seu 100%, nada teria acontecido.
Se você quer tocar nas estrelas, primeiro tem que aprender uma coisa: se você não fizer, ninguém fará por você. Pare de esperar os outros, cada um tem seu espaço para fazer o que for possível ( e as vezes impossíveis ) de fazer, você não precisa que alguém te apoie para que algum projeto seu dê certo. Está bem que quando alguém nos apoia, temos um motivo para continuar, mas você pode buscar esse apoio em pessoas que seguiram o mesmo caminho e conseguiram chegar onde queriam, não é tão difícil deixar a opinião dos outros as vezes.
Você quer algo? Você pode ter! Talvez você precise passar por algumas pedras no caminho, todos precisamos, mas isso não pode fazer com que você saia do caminho. Se tem algo que eu aprendi na vida é que, não importa quantas pessoas há em volta de ti, você sempre vai parecer sozinho quando precisar de ajuda.
Lide com seus defeitos para que os mesmos não interfiram em seus sonhos. Por exemplo, meu defeito é deixar as coisas sempre pela metade, mas de uns dias pra cá, venho tentando deixar isso com o menor valor possível na minha vida, porque eu nunca consigo alcançar meus verdadeiros objetivos. Não é como se eu tivesse preguiça, eu simplesmente abandono porque não tenho paciência para esperar que dê certo.
Parando para refletir, todos nós já deixamos oportunidades e pessoas para trás por conta de bobagens, mas não podemos nos abater por conta disso, temos que levantar e seguir em frente, o caminho é longo. Mas, além de tudo, temos que aprender com esses erros, ou acabaremos realmente sozinhos.
Sempre se lembre: uma porta sempre se fecha para que outra se abra, mas a mesma nunca abre duas vezes. Se tiver uma chance, a agarre com todo prazer, ela pode ser a última.

Fonte da imagem: google

Prisioneira especial (Copyright ©)



Prisioneira especial 

Tão pequena e graciosa,
delicada e cuidadosa,
ela voa por ai.

Pousando de flor em flor,
espalhando muito amor,
é, mas existem seres humanos ruins.

Lhe guardam em um vidro,
isolado, escondido.
Onde não há natureza,
ela está presa.

Qual a diversão que veem
em manter um animal de refém?
Mal pode respirar,
quem me dera se procriar.

Temos o mal hábito de achar que tudo é nosso,
que tudo deve ser guardado para que podemos ver.
Isso é tão errado,
por mais que possa não parecer.

Deixe-a livre a sobrevoar,
junto aos passarinhos que estão a cantar e,
tudo se resolve então,
elas nunca vão parar.

Fonte da imagem: google

Voe alto, alcance as nuvens (Copyright ©)



Voe alto, alcance as nuvens

Quando eu era criança, todos me diziam para sonhar, para acreditar em algo que ninguém acreditasse. Ser criativa e sempre tentar alcansar o objetivo era algo lindo de se ver. "Tão  pequena e inteligente.", eles diziam. Porém,  algo mudou, mas o que? O tempo passou, eu cresci, as responsabilidades chegaram e a realidade dos dias atuais veio junto com ela, de carona. Sonhar ainda continuou a ser um hábito, mas não algo possível como antes, as possibilidades foram deixadas de lado e algumas pessoas me chamavam de louca. 
Por que deixar de sonhar? Sonhos são a água da nossa vida, da qual não vivemos sem tê-la. Por que me dizem para parar de sonhar agora? Às vezes nem parece que fora a mesma pessoa que lhe ensinou sobre isso, parece que é um crime ser assim. 
Não deixe de sonhar por conta que alguém te disse que não é possível, tudo é questão de perspectiva. Vá em frente, prove que eles estavam errados e mostre para que você vem dando duro. Faça valer a pena. 

Fonte da imagem: google

Preconceito colorido (Copyright ©)



Preconceito colorido

Sempre me disseram que, quando eu realizasse meu sonho de ter cabelo colorido, as coisas não seriam tão fácies como eu esperava, porque o preconceito ainda é grande no Brasil. Porém, eu com minha vontade louca de pintar, pintei de rosa.
Já ao chegar na escola, percebi a diferença no olhar das pessoas, algumas comentavam "Quero igual!", enquanto outros me julgavam como a "revoltadinha", como se eu não pudesse fazer aquilo por apenas gosto próprio. Sem querer citar nomes, mas ainda houve um professor que fez um comentário sobre o meu cabelo totalmente sem respeito. Apesar de tudo, eu estava bem, não ligava para esses comentários, nem nada.
Então, surgiu uma oportunidade para mim fazer uma prova de emprego, da qual eu passei, mas ao chegar na hora da entrevista com um dos representantes das empresas, o mesmo me chamou num canto e perguntou: " Você vai continuar com esse cabelo ou está disposta a trocar de cor?". Pasma, eu o expliquei que o cabelo me agradava e que eu não via problema nenhum em ser uma pessoa com cabelo colorido a trabalhar numa empresa. Decepcionando minhas expectativas, ele disse que, "infelizmente", não podia me contratar e deu a desculpa de eu não ter atingido a pontuação na prova, mas que surgiriam outras possibilidades.
Sabe o mais engraçado disso tudo? Que antes dele saber como eu era fisicamente, eu tinha passado, mas agora já não tinha.
Que pais vivemos? Não dizem ai fora que somos os mais "mente aberta"? O que eu vejo por aqui é o contrário, onde temos que seguir um padrão para conseguir determinadas coisas e, por mais que digam por ai, ainda existe preconceito sim! E não é apenas um tipo de preconceito, há vários! E parece que cada dia surge mais um. Por quanto tempo vamos ter que continuar se escondendo para conseguir um emprego bom? Para entrar na faculdade que queremos?

Fonte da imagem: google

Dia de outono (Copyright ©)



Dia de outono

O frio se aconchegava em casa e,
Junto com ele, 
Meu coração batia quentinho contra meu peito.
Sem jeito,
Te vi e sorri. 

As folhas caindo lá fora, 
Você me chamou pra irmos na cafeteria,
Mas e agora?
Nem sabia como me vestir, mas sai.

Sai porque os pássaros cantavam,
Seus olhos, me olhavam,
E admito, não resisti.

O verde de seus olhos,
Observando o traço no papel,
Foi a coisa mais linda que já vi.

É, eu te vi,
Mas apenas sorri.
O resto?
Um conto de fadas, do qual não vivi.


Valorize cada detalhe (Copyright ©)



Valorize cada detalhe

Agradeça a tudo que há em sua volta,
seja um sorriso,
um abrigo,
ou,
que tal aquele melhor amigo?

Coisas que se dizem bobas no dia a dia,
mas que trazem nossa alegria e que,
se um dia faltar,
você saberá onde procurar?

Nem sempre tudo vai estar aqui,
nem tudo de que gostamos pode servir.
A vida é uma caixinha de surpresas,
temos que vivê-la para descobrir.

Fonte da imagem: google


Inspire-se sempre! (Copyright ©)



Inspire-se sempre!

Nós, seres humanos, vivemos de objetivos e sonhos, não conheço ninguém que não tenha um. Porém, nossa maior dificuldade, na maioria das vezes, é conseguir conquistá-lo, alcançá-lo, mesmo quando ele está embaixo do nosso nariz. Então, eu venho trazendo algumas dicas que estão funcionando comigo naqueles  momentos em que queremos desistir de tudo.
Primeira dica: faça uma lista com todos seus sonhos/objetivos para um determinado período, isso pode ajudar a nunca esquecê-los.
Segunda: decore o lugar que você mais fica ( seja quarto, escritório, etc) com coisas que você gosta, não precisa ser necessariamente ser algo comprado, você mesmo pode fazer em casa.
Terceira: faça o que você gosta, não se deixe influenciar pela mídia ou até mesmo pelos seus pais, se você não fizer algo que te traga prazer, sua vida pode perder sim o sentido.
Quarta: crie um diário. Quando falamos de diário sempre vem a cabeça um caderno falando sobre seu dia a dia, certo? Então isso não diz que ele tenha que ser escrito, você pode inventar uma maneira diferente de contar suas novidades em seu caderno! Tanto com desenhos, fotos ou até mesmo pequenas frases que você ouviu no dia.
Atualmente eu venho seguindo essas dicas e está dando super certo! Quando eu sinto aquela vontade de desistir, eu tenho tudo ali que me mostra o quanto vale a pena, sem dizer que, consequentemente, minha criatividade vem crescendo muito e eu estou obtendo melhores resultados. Pode dar certo com você também, não custa nada tentar, não é?

Fonte da imagem: google

A menina e a flor murcha (Copyright ©)



A menina e a flor murcha

Havia uma garota, tão linda e graciosa, sempre fora o orgulho de seus pais.
Havia uma flor, pequena e simples, mas para a menina era seu bem mais sagrado e assim ela passava o dia todo ali, cuidando da mesma para que ela crescesse bonita e saudável.
Os anos se passaram e a flor crescia junto com a ela, que sempre a trocava para um vaso maior, com todo o carinho que lhe podia oferecer.
"Ela passa muito tempo dentro daquele quarto", observou seu pai.
"Não há nada de errado em ela ter tanto amor pela flor", assegurou sua mãe.
Ela já não era mais uma garotinha, já estava com seus 16 anos, não tinha amigos, só sua flor.
Quando alguém veio falar com ela, seu coração disparou e assim surgiu seu primeiro amor. Eles namoraram, todo tempo que puderam, mas não durou muito, ele não admitia o cuidado com a flor. Ele vivia a questionando sobre, mas ela nada o respondia.
Eles terminaram, seu coração se quebrou e mal se concertou a tempo de ver sua flor murchar.
Ela nunca mais fora a mesma, andava até seu curso contando seus passos e todas as vezes que eles eram impares, ela voltava o percurso e o fazia novamente, tinha de ser par! A mesma coisa acontecia quando ela mastigava seu arroz com atum, que eram as únicas coisas que ela comia, se não fossem par, ela os cuspia. Mas isso não era o grande problema, ela passava seu dia todo com roupas quentes embaixo do seu cobertor dizendo coisas que ninguém compreendia, ela estava novamente sozinha.
Um dia, sua tia contou a história para uma garotinha, que ficou surpreendida pelo tão lindo amor entre a flor e a menina, mas quando ela acabou de contar a história, foi surpreendida por uma resposta que nunca esperaria: "Há uma pequena linha entre a loucura e a sanidade, mas a esperança está entrelaçada entre elas.". Onde a pequena ouvira? Ninguém sabia, mas a esperança, diferente da flor, nunca morreria.

-♥ Notas Importantes 

Eu gostaria de agradecer a minha professora de Filosofia, que deu uma grande ajuda para que esse texto pudesse ser produzido, também gostaria de deixar aos leitores uma pequena observação minha.
Para quem não entendeu, esse texto fora apenas uma metáfora para tentar explicar que algo "normal" ou "bom" pode se tornar algo mais grave com o passar do tempo, e que não se trata apenas de um texto aleatório e sim de uma história real de vida onde a garota desenvolveu a síndrome do pânico. Não se deixe levar pelos pensamentos dos outros que alegam que só acontece isso com pessoas fracas, não se trata disso! Cada um há uma capacidade de assimilar coisas, e algumas não conseguem acompanhar o mesmo ritmo que outras, que acabam se afundando quando pressionadas. Depressão, síndrome do pânico e entre outros problemas psicológicos não são brincadeira e precisam de extremo cuidado, se você conhece alguém assim, a ajude, a de apoio, não a deixe pra baixo. Infelizmente, muitos jovens passam por isso ( e não são os únicos ), então por conta disso, quis deixar esse texto para vocês como uma troca de conhecimento.
Não se apavore com seu último ano da escola, não pense que essa será sua última chance! Isso é apenas o começou, meu jovem, se não conseguir, terá o próximo ano para tentar. Não se desespere, não deixe que a pressão consuma seu corpo e destrua sua alma, tudo tem seu tempo e devemos aprecia-lo quando necessário. Não estou dizendo para que deixem tudo de última hora, mas sim que devemos nos esforçar sem deixar de viver nossa vida.
Aproveite cada dia, o céu está lindo hoje!

Fonte da imagem: google

Vamos explorar o mundo? (Copyright ©)



Vamos explorar o mundo?

Esses dias parei para pensar o porquê de todos nós sermos tão ocupados a ponto de não termos tempo nem para irmos a um parque com os familiares, passar uma viagem de uns quinze dias apenas com uma mochila e alguém para ter companhia, afinal, nós passamos mais que metade de nossa vida exigindo de nós mesmos, querendo ser alguém melhor e crescer profissionalmente que acabamos esquecendo qual o verdadeiro significado de viver. Eu sei que já pensei sobre medos, que fazem quase o mesmo efeito nas pessoas, mas dessa vez é diferente, é uma ausência para o nosso descanso. E isso, não é tão simples como parece, é algo até grave! Já percebeu que há milhares de mortes por conta de um pequeno detalhe? Esse detalhe pode ser a nossa falta de atenção na hora de viver cada momento.
Por isso, eu lhes ofereço, vamos explorar o mundo, juntos? Vamos pegar um pouquinho de tudo que é importante no nosso dia a dia e sair apenas para curtir a natureza? Para respirar um ar limpo e curtir tudo que o mundo tem a nos oferecer? Nesse texto eu mesma me desafio, já que sou uma pessoa que vive sempre a mesma rotina, cada dia exigindo algo novo na esperança que coisas boas aconteçam, eu que sou a pessoa que nunca tenta fazer algo diferente, que nunca tira um tempo para embarcar nas coisas boas da vida.
O que você pode fazer enquanto está na natureza? Você pode fazer algo que goste ainda assim! Já pensou que fantástico seria ler embaixo de uma árvore gigante, ou fotografar de cima de lindas montanhas? É tudo questão de opinião, não deixe para amanhã, é bem melhor fazer aventuras do que ficar sentado num sofá, eu te garanto!
Então, vamos?

Fonte da imagem: google

Leia sem medo (Copyright ©)



Leia sem medo

Uma palavra, quatro letras, um sentimento. Medo. Essa palavra soa familiar para você? Creio que todos já tenhamos ouvido ela, ou até mesmo a dito. O que é isso? Por que sentimos? Eu me perguntei tantas vezes sobre, mas a questão não é essa e sim que devemos combatê-lo, seja qual for seu medo. Ele nos consome, nos engole por inteiro até que não reste sequer um pedaço, deixamos de fazer coisas por conta dele! Isso não é viver!
Um dia eu ouvi, na frente da sala, a professora perguntar:
"Do que você tem medo, pequena menina?"
"De água."
E me peguei a pensar, essa pessoa teria que perder o prazer de sentir as ondas do mar, do mergulhar numa piscina? De jeito nenhum! Pouco a pouco, vamos aprendendo com nossos medos, a lidar com os mesmos e quando vemos, ele nem existe. A nossa angustia vem de nem tentarmos, muitas vezes por insegurança, por pensar que pode dar errado. Não deve ser assim, vamos arriscar! Vamos fazer valer a pena! Viva cada dia como se não houvesse amanhã, viva como se fosse sua última semana de vida.
Você sempre vai ter medo de água se não perceber o quão bom é mergulhar nela.

Fonte da imagem: google

10 coisas doces (Copyright ©)



10 coisas doces

O doce da vovó,
O sorvete da praça,
O algodão doce do circo,
O bolo da padaria,
O brigadeiro da mamãe,
O carinho de uma criança,
O sonho que tive ontem,
O meu perfume preferido,
O sorriso de quem a gente gosta,
O seu beijo.

Fonte da imagem: google

O que é ser livre? (Copyright ©)



O que é ser livre?

Livre pode ser muita coisa,
Pode ser um desejo,
Uma lembrança,
Um sentimento,
Uma paixão,
Um objetivo.

Você pode ser livre da sua maneira,
como uma borboleta
Ou um pássaro enjaulado,
mas tenha cuidado
na hora de escolher.

Fonte da imagem: google

Jovens da tecnologia (Copyright ©)


Jovens da tecnologia


Antigamente as crianças já trabalhavam,
Apenas criticando pela internet,
Vamos lá jovens revolucionários,
Venham comigo e façam a história,
Mas também viviam com mais diversão
Vivendo um mundo colorido com outras cores
Vendo um mundo com outra visão

Hoje em dia,
Dizem que somos os jovens da tecnologia,
A nova geração da nação,
Mal sabem que nossa vida é um tédio e
Passamos ela na frente da televisão.

Deixando de fora o que interessa,
Enquanto alguns passam fome e necessidade
Outros comem e esbanjam da riqueza do outro lado da cidade.

Vamos lutar para um novo destino da nação.
Larguem seus celulares e computadores
E não se esqueça de trazer seus irmãos.

O Brasil está em perigo,
 Afundando ao invés de dar um passo pra frente.
 Não fiquei ai parado
Como essas pessoas que só se importam com o presente.

Planejando um fim diferente.
Não se importe com que os outros falam,
O Brasil não muda só com o presidente. 

Fonte da imagem: google

Menina de cabelos coloridos (Copyright ©)



Menina de cabelos coloridos

O sol nasceu,
e com ele, ela te esperou
na esperança de você voltar.

Perto da janela,
ela olhava, atenciosa.
Nada via, só sentia;
medo, insegurança, amor.

Os pássaros passaram voando,
o tempo, rodando.
E a menina de cabelos coloridos,
via o sol se pôr, esperando por outro dia.

Fonte da imagem: google

Sentimentos entre linhas (Copyright ©)




Sentimentos entre linhas

Nessa semana aprendi a lidar com dois sentimentos, os mais difíceis na minha opinião. Primeiro, senti a melhor de todas as sensações que o ser humano pode sentir, o amor, o poder de amar e ser amado. Como é? Uma das melhores, eu os garanto, como milhares de borboletas em seu estômago voando alegremente. Mas, assim de repente, de uma hora pra outra, descobri que não é tudo um mar de cores e sabores. A vida é complicada, não é mesmo? A dor tem que ser sentida e na mesma semana que descobri como é ganhar alguém, também descobri como é perder alguém. É como ter o mundo derretendo em suas mãos, passando entre seus dedos, escorrendo pela sua alma e deslizando pelo chão frio. Frio como o coração de alguém que talvez nunca amou. É uma dor profunda, que provoca um nó na garganta e um mar nos olhos, mais conhecido como lágrima. Aproveitamos cada momento, ou talvez nem isso, mas foram significantes. Pelos menos pra mim foram, mas qual o valor da felicidade? Qual sua definição pra ela? Eu não sei, talvez eu nunca tenha sido feliz de verdade, vai ver nunca fomos. Quem sabe, ninguém realmente foi. Depende da sua definição...

Fonte da imagem: google

Seja diferente, faça a diferença (Copyright ©)



Seja diferente, faça a diferença

Somos todos rotulados, tais como "bonitos", "feios", "gordos", "magros", mas no final das contas somos todos humanos não somos? Somos todos meros mortais com defeitos, muitos defeitos por sinal. Então por que sermos rotulados? Não somos um produto numa estante, ou um objeto a venda, somos seres com vida. Cada um possui sua qualidade, ninguém pode mudar isso, tão pouco os defeitos, esses são da gente. Eu preferiria nunca ser rotulada, nunca ser chamada por qualquer rótulo, não sou um produto, sou um alguém, um alguém que só espera o amor de outro alguém, que só quer viver com outro alguém. Nos seres humanos temos o maior defeito de todos, distinguir uma pessoa pelo o que ela é externamente, sendo assim perdemos a maior preciosidade que cada um possui, perdemos a essência. Eu não quero perder minha essência, mas quanto à vc? Eu sou apenas uma pessoa imperfeita como vc, como ele, como ela, como todos os outros.

Fonte da imagem: google

up